quinta-feira, 16 de novembro de 2017

NUNCA DUVIDE DE MAMÃE




Quando a conversa corre solta, assunto é o que não falta.... E se uma matéria de um ganhador da mega-sena passa na TV, então, rapidamente ela é incorporada no cardápio. E foi assim...

Depois de umas xícaras de café, mãezinha vai e arrisca de lá:
- Se vocês querem ganhar esse prêmio é só jogar esses números: 14 – 30 – 32 - 39 – 46 - 54.
Rapidamente anoitei na agenda do telefone.
E ela ainda disse:
- Mas joguem mesmo! Esses são os números da sorte.

Passaram-se uns dias e lá, os números na agenda. Não joguei e figuei com aquilo na cabeça. Vez por outra os números saltavam na tela, como se fosse um aviso, uma premonição.

Vem Enem, e bate uma curiosidade pela prova de matemática. Dá aquela nostalgia. E aí é um fuça aqui, um vasculha ali olhando os sites e pesquisando. De retente, um site que fazia uma abordagem sobre probabilidade disponibiliza uma pesquisa para saber se o internauta já havia ganho algum prêmio na mega-sena.

Salta aos olhos. Os números da mãezinha. Consulto?

Vou digitando um a um, e clico no botão para verificar. Proto! Estão lá: Concurso 1967 (de 13/09/2017) – 5 acertos. Você acertaria uma quina!

- Nããããããõoooooo!

Mas não para por aí. A quina poderia ter se transformado em uma sena facilmente. Por que colocar o 14 se mãezinha faz aniversário no 13?

- Nããããããoooooo! Nunca, nunca, nunca duvide de sua mãe.

E lá se vão cinco milhões.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

MEMÓRIAS 01 - ARACATIAÇU

Aracatiaçu



      Vez por outra Mons. Odilon me convidava para fazer alguma viagem com ele. Era sempre uma grande aventura, por que não acrescentar, verdadeiras aulas. Monsenhor era uma enciclopédia ambulante. Fazia suas narrativas com detalhes, incluindo fatos históricos e cenas do cotidiano. Filmes que brotavam em nossas mentes.
       Encontrei com ele casualmente e ele me perguntou:
       - Fernando, o que você vai fazer na terça?
      Figuei ali pensando... monsenhor quer bem fazer uma viagem... e ele nem esperou eu responder e foi logo acrescentando:
      - Tenho uma missa para celebrar em Santo Antonio de Aracatiaçu. Vai ser no dia 14. Se você poder vir...
       De pronto eu respondi:
       - Na hora monsenhor! Que horas sairemos?
     Desta vez parece que o Monsenhor estava era adivinhando. Eu tinha uma grande vontade de conhecer essa comunidade que ele tinha servido como Padre. Era o cenário de várias de suas histórias.
       Passa um filme na cabeça....
     Fico observando as fotos e lembrando do carinho do povo da comunidade com o Monsenhor. Meu Deus! Quanto tempo... quase quinze anos. A homenagem do Centro Pastoral com o seu nome; as bençãos; a sala com os pertences que eram usados por ele ainda guardados.

     Nesta noite de 14 de Janeiro de 2003 muitas histórias foram contadas e relembradas.














segunda-feira, 14 de agosto de 2017

CARANGUEJOS NA SERRA

 Caranguejos na Serra
 
 Imagem: IpuPost

Matéria do Jornal Tribuna do Ceará, do dia 13.08.2017, informa que caranguejos amazônicos são encontrados na Serra da Ibiapaba. Segundo o Jornal "a presença de caranguejos de água doce na Serra da Ibiapaba despertou a curiosidade de especialistas".
Também o Site IpuPost traz matéria sobre o assunto.
Mais detalhes podem ser conferidos nos sites: Tribuna do Ceará e IpuPost

domingo, 19 de junho de 2016

VII CONGRESSO DE CAPOEIRA

Ibiapina sedia o VII Congresso de Capeira da Ibiapaba

Palestra com o Mestre Cobra Mansa

Foi realizado este final de semana, em Ibiapina/CE, o VII Encontro de Capoeira da Serra da Ibiapaba, que teve abertura na sexta-feira, na comunidade de Pedrinhas e, muitas atividades durante todo o dia de Sábado. O evento contou com a presença de praticantes desta arte de toda Zona Norte do Estado do Ceará que foi abrilhantada com as instruções do mestre Cobra Mansa, oriundo da Bahia, que ministrou palestra.

Mestre Cobra Mansa é bem conhecido na capoeira mundial. Começou na capoeira em 1973 junto com Mestre Josias da Silva e Raimundo no Rio de Janeiro, mais precisamente em Duque de Caxias. Em 1974 Cobra Mansa começou estudos em capoeira com o Mestre Moraes sempre na modalidade Angola. Em 1981  passou a residir em Salvador, onde começou a organizar uma escola, a GCAP (Grupo Capoeira de Angola Pelourinho), juntamente com Mestre Moraes.

Mestre Cobrinha é renomado como um grande mestre da Capoeira de Angola, respeitado por seu profundo conhecimento da arte da Capoeira e por sua atuação como professor, na qual sempre procurou divulgar a história e a cultura da Capoeira. Também é respeitado por seu estilo dinâmico e agressivo no jogo de roda.

Este Congresso é um esforço coletivo de seus participantes, que pelo sétimo ano, vem realizando-o em Ibiapina.

O Evento contou, entre outros, com a Organização do contramestre Paulinho Andorinha e Gildo, e apoio da Secretaria de Cultura do Município de Ibiapina.

Prestigiaram ao evento o Vereador Fernando Carvalho e o Secretário de Cultura, Francivaldo Romão.

Mais informações sobre o Mestre Cobra Mansa, é só acessar o site Kilombo Tenondé


Dança de Capoeira
Percussão 
Vereador Fernando Carvalho e Secretário de Cultura Francivaldo Romão 
Palestra com Mestre Cobra Mansa 
 Palestra com Mestre Cobra Mansa 
 Palestra com Mestre Cobra Mansa 
Organizadores - Gildo e contra Mestre Paulinho Andorinha


sexta-feira, 20 de maio de 2016

Senado aprova mais prazo para inscrição no Cadastro Ambiental Rural



O Senado aprovou, em votação simbólica, nesta terça-feira (17) uma medida provisória que amplia para 31 de dezembro de 2017 o prazo para inscrição de imóveis rurais no Cadastro Ambiental Rural (CAR).

O cadastro é um registro eletrônico obrigatório que serve como base de dados para que o governo faça o monitoramento e o controle do desmatamento de florestas.
Como a medida provisória já havia sido aprovada pela Câmara dos Deputados, o texto segue agora para a sanção presidencial.

Antes de a MP ser editada pelo governo federal, o prazo para a inscrição terminava no último dia 5 de maio. Imóveis rurais não cadastrados poderiam ser multados pelo Ministério do Meio Ambiente.
O registro no CAR também é importante para o acesso de produtores a crédito agrícola e a outros subsídios do governo.

O cadastro rural é feito através da Internet. O produtor entra no portal do CAR e faz o download de um programa. Depois disso, é necessário preencher os dados pessoais e também as informações da propriedade. O sistema fornece imagens, feitas por satélite, do imóvel rural.

Imóveis com problemas ambientais devem aderir ao Programa de Regularização Ambiental, o PRA. Nesse caso, o produtor assina um termo de compromisso com as informações do que tem que ser recuperado nas áreas de preservação permanente e de reserva legal.

Mais informações no site G1

quarta-feira, 18 de maio de 2016

CÂMARA DE IBIAPINA APRECIA CONTAS DO EX-PREFEITO MARCAO


A Câmara Municipal de Ibiapina apreciou na noite desta terça-feira (17), o Parecer Prévio emitido pelo TCM - Tribunal de Contas dos Municípios, junto ao processo de Prestação de Contas de Governo do Município de Ibiapina, exercício de 2012, de responsabilidade do ex-prefeito Marcos Antonio da Silva Lima.
A Sessão presidida pela vereadora Maria do Rosário abriu espaço para que o ex-gestor fizesse sua defesa em plenário. Após as explicações, foi lido o Parecer do Tribunal de Contas. Após a leitura, foi informado pelo Secretário da Casa, vereador Fernando Carvalho, que a Comissão de Finanças e Orçamento, composta pelos vereadores Daniel, José Aguiar e Luciano, não havia emitido parecer. Houve uma discussão sobre a omissão da comissão, onde o vereador Daniel disse que fez sua parte, mas que os outros vereadores não quiseram assinar. O vereador Junior da Ematercer cobrou dos vereadores que não assinaram, dizendo que um vereador ganha 5 mil reais, e por esse motivo, tinha que trabalhar. 
Assim, foi suspensa a Sessão para que a Mesa da Câmara emitisse o Parecer. Em seguida foi dado novamente espaço para que o ex-gestor se manifestasse sobre o Parecer. Após o pronunciamento, foi lido e colocado em votação, sendo aprovado por unanimidade. Depois foi colocado em votação o Parecer Prévio do TCM onde obteve 7 votos favoráveis, 3 contra e 1 abstenção.
Com o resultado, foi mantida o Parecer do TCM e as contas do ex-gestor, Marcos Antonio da Silva Lima, Aprovadas.


quarta-feira, 11 de maio de 2016

MANIFESTAÇÃO PEDE JUSTIÇA PELA MORTE DE ALINE

Caso Aline


Moradores das comunidades dos Sítios São José, Limão, Escondido, São Pedro e da Sede do município, participaram no final da tarde deste dia 10 de Maio, de uma manifestação pelas principais ruas da cidade de Ibiapina onde pediam Justiça pelo assassinato da jovem Aline da Silva Oliveira (17).

A manifestação começou por volta da dezessete horas e trinta minutos em frente a Igreja de São Francisco, onde os manifestantes fizeram uma oração pela jovem e pediram a Deus para que também fosse feita a Justiça aqui na terra. Muitos portavam cartazes e vestiam blusas com fotos da jovem. Após a oração, todos seguiram pelas ruas e finalizarem o trajeto na sede da Câmara Municipal, onde participaram da Sessão.

Após passados quatro meses, familiares e amigos não se conformam com a morte brutal de Aline e cobram das autoridades para que seja identificado e julgado o autor do crime.

Os vereadores presentes a Sessão manifestaram apoio e solidariedade a causa. O Vereador Fernando Carvalho que acompanhou toda a manifestação, usou a tribuna da Casa duas vezes cobrando dos poderes competentes uma solução para o caso. 

Relembre o caso:

O corpo da jovem Aline da Silva Oliveira, 17 anos, foi encontrado em um matagal, por populares do sítio Escondido, com sinais de estrangulamento, no dia 10 de janeiro de 2016, no final da tarde. Próximo ao local do crime foi encontrada uma moto modelo Honda Broz.

Segundo familiares, a jovem teria saído da casa de seu sogro, no Sítio São José, para ir visitar a mãe, no Sítio Limão. No percurso teria sido agredida brutalmente, e, não resistindo,  vindo a óbito no local.

As investigações estão sendo feitas junto a Delegacia de Polícia de Ubajara, que responde pela jurisdição de Ibiapina. Foram feitas diligências, ouvidas testemunhas, mas, até o fechamento dessa matéria, não foi esclarecido o autor ou autora do crime.













sábado, 13 de fevereiro de 2016

ESPECIAL DA SERRA AO MAR

Esqueceram Ibiapina, Croatá, Carnaubal...


O Jornal O Povo, em sua edição online, publica um especial intitulado "da Serra ao Mar". Na matéria faz uma viagem pelas atrações turísticas da Serra da Ibiapaba, destacando as cidades de Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, São Benedito e Ipu.
Apresenta ao leitor um roteiro de opções para quem quer conhecer a região, mas comete deslizes ao informar os municípios que compõe a Serra da Ibiapaba quando esquece de citar os municípios de Ibiapina e Croatá. Também fica confundindo o leitor com a informação que tinham passado pelo "Maciço do Baturité".

Poderiam ter se aprofundado mais em nossa Região. Atrações como a Cachoeira do Boi Morto em Ubajara, ou a Barragem de Carnaubal, não são citadas.
E cada município, por menor que seja seu potencial turístico, tem sempre algo para mostrar.

Ibiapina
Quem visita Ibiapina pode desfrutar de uma das melhores noites do Planalto Ibiapabano no Calçadão da Liberdade. O local conta com várias opções de bares e restaurantes, e diferentes culinárias, além de oferecer música ao vivo nos finais de semana.
Ainda no calçada, o visitante pode se hospedar em uma pousada localizada no centro da cidade.
No tema religioso, principalmente para os católicos, estando no Calçadão, a pé mesmo, dá para se deslocar para visitar a Gruta de Nossa Senhora ou conhecer a Igreja Matriz.
Ainda em busca de culinária, também em Ibiapina, pode desfrutar da melhor costela na brasa, no bairro São João.
Na busca por aventura, pode visitar as cachoeira do Buraco do Zeza, Bica do Monte Belo, Bica do Pajé, entre outros.

Cross Ninga
Sem esquecer que quem visita o Sítio São José pode conhecer e desfrutar do Cross Ninga, com direito a Tirolesa e trilha de moto cross. Saindo de lá poderia visitar ainda o Balneário Sol Nascente e conhecer um pouco do Distrito de Betânia.

Tema que desperta
Entretanto a matéria coloca uma "pulga atrás da orelha" de qualquer administrador municipal: "o que meu município tem a mostrar para os visitantes?"
E em Ibiapina poderíamos ter ainda mais atrativos, como:
01 - O Monumento do Homem no Carro de Boi;
02 - O Relógio das Flores;
03 - O Museu do CEVACI
04 - Engenhos
05 - Trilhas na Ladeira
06 - Mirante das Pimentas
07 - Mirante da Bilheira
08 - Visita as Fábricas de Álcool e Doces
09 - Pesque e pague da Jurema
Entre outros.

Quem saí ganhando?
No todo, o especial sobre a Ibiapaba traz um ganho muito grande para a Região da Ibiapaba. Quem lê a matéria e assiste aos vídeos, desperta para conhecer um dos lugares mais belos do Nordeste brasileiro.
Fica a missão para os municípios que não foram citados de despertarem para esse negócio e investirem em seus atrativos naturais, melhorarem suas ofertas de serviços e mostrarem ao mundo.



terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

ANTES DO JABURU

Antes de chegar ao Açude Jaburu, a água oriunda dos Rios Pituba, Jaburu, Ubajara, entre outros, tem que transportar alguns barramentos como a barragem do Granjeiro, dos espanhóis, boi morto, etc. Mesmo chovendo regularmente nas cabeceiras, como em Ibiapina que já choveu mais de 500 mm só no início deste ano, acontece deste volume não ser suficiente para provocar o sangramento desses barramentos o suficiente para dar recarga no Jaburu.
Na manhã do dia 01º de Fevereiro um fio de água timidamente avançava dentro do sangradouro da barragem do Granjeiro, enquanto que no Boi Morto, que fica a jusante do Granjeiro, um volume de água maior percorria pela lateral da barragem.
E neste clima de esperança, muitos moradores e visitantes comemoravam esse acontecimento, confiantes em mais chuvas para nos próximos dias e, assim, manter a vazão do rio constante em direção ao Jaburu.
Fio de água avançando na entrada do sangradouro da barragem Granjeiro

Sangradouro da barragem Granjeiro

Barragem do Boi Morto

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

CHUVAS NA IBIAPABA

Recarga nas Nascentes do Jaburu
Com um mês de Janeiro bastante chuvoso, Ibiapina figura em primeiro lugar na lista dos municípios que mais choveram este ano no Estado do Ceará. Foram 548,4mm, segundo dados do portal da Funceme, de água despejadas nas nascentes do Rio Jaburu, um dos principais rios que fazem recarga ao Açude Jaburu que abastece a Serra da Ibiapaba e as cidade de Mucambo, Pacujá e Graça. Em Ubajara, choveu 377,5mm.

Apesar de em Ibiapina já haver chovido dez vezes mais do que no mês período de Janeiro, 52mm em 2015 contra 548,4mm em 2016, e mais de seis vezes em Ubajara, 59mm em 2015 contra 377,5mm em 2016, toda essa chuva ainda não está sendo suficiente para recuperar o nível do Açude Jaburu, que continua em queda.
Antes das águas chegarem ao Açude Jaburu elas percorrem um grande trecho, e passam por barramentos, com a barragem do Granjeiro, que ainda não sangrou.
E a situação do Açude Jaburu continua crítica. Até o dia 28 de Janeiro ele estava com 21,52 hm³ de água, ou seja 15,26% de sua capacidade. 
Analisando os números dos últimos anos, a situação ainda é muito alarmante. Mesmo com todo o esforço feito no ano passado, onde foi possível reduzir em 53% a quantidade de consumo em relação ao ano anterior, nada está resolvido. Nos dois anos anteriores houve consumo em torno de 28 hm³/ano, contra 13,36 hm³ do ano passado.
Já as recargas em consequência dos fracos invernos, em média de 4 hm³.
Mantendo esse cenário dos últimos três anos, mesmo com toda essa chuva deste mês Janeiro, poderemos finalizar o ano de 2016 com uma séria crise hídrica na Ibiapaba. A batalha pela economia de água deve continuar mais forte ainda.